Pró-Natação reúne 60 nadadores em Prudente

Nem a temperatura um pouco mais fria, com a chuva no começo do dia, desanimou os quase 60 jovens nadadores da região que participaram, ontem à tarde, do torneio Pró-Natação, realizado na piscina da Apea (Associação Prudentina de Esportes Atléticos). A competição, organizada pela Selj (Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude), teve como objetivo incentivar à pratica da natação e proporcionar a descoberta de novos talentos para a modalidade.

E os jovens nadadores não decepcionaram. Na busca por revelações que venham a ser integradas às equipes federadas, que participam das competições de níveis regionais, estaduais e nacionais, Presidente Prudente entrou na disputa com 50 atletas inscritos, sendo 28 nas provas masculinas e 22 nas provas femininas. Enquanto Panorama, a outra equipe presente no torneio, entrou nas competições com 11 atletas inscritos, cinco nas provas masculinas e seis nas femininas. Os nove estilos de provas realizados nessa segunda edição do Pró-Natação estavam abertos para as categorias de pré-mirim a senior.

Elvancir Pereira dos Santos, Pepe, técnico da Semepp (Secretaria Municipal de Esportes de Prudente), ressalta a importância do torneio, que foi resgatado no intuito de preencher a lacuna deixada por torneios anteriores, organizados com o objetivo de encontrar novos talentos, mas que, “com o tempo, deixaram de serem realizados”. “É uma competição fundamental, de extrema importância para nossa análise, visando proporcionar chances para novos atletas”, destaca Pepe.

Presidente Prudente contou com alguns atletas que, ainda segundo Pepe, já vinham sendo observados, com grande chance de obterem a vaga na equipe federada, como Beatriz Amorim Pedro, da categoria Juvenil 1, Camila Kanegaki, da categoria Mirim 1, Jéssica de Oliveira do Amaral Chaves e Emanuel Sitta, ambos da categoria Mirim 2.

Sobre essa expectativa no torneio e a chance proporcionada, Beatriz Amorim Pedro falou das dificuldades e do preparo necessário para superar os desafios e aproveitar a chance. “Foi um pouco mais difícil vencer as questão física, que muda com o frio de hoje, do que a ansiedade, eu acho. Pois já me preparei bastante e cheguei preparada para prova”, afirma a nadadora.

Os dois primeiros de cada prova garantiram vaga para a fase estadual do Pró-Natação, marcada entre os dias 25 e 27 de agosto, ainda sem local definido.